Finanças da Família – Masakazu Hoji

Finanças da Família - Masakazu HojiQuem tem Robert Kiyosaki na veia sabe que o segredo para se alcançar a independência financeira não é necessariamente ganhar mais dinheiro, mas sim gastar menos do que se ganha. É aí que a obra de Masakazu Hoji – que apesar do nome japonês é brasileiro – entra em cena como uma boa ferramenta para aqueles que estão perdidos na nada fácil tarefa de efetuar e planejar o orçamento doméstico.

Como foi escrito por autor nacional, o livro é 100% adaptado à nossa realidade.

O ponto forte do livro são justamente os exemplos práticos de como se organizar o orçamento doméstico, ou seja, o último capítulo do livro.

O problema deste livro é que muitas vezes o autor, provavelmente por conta da sua formação e experiência como professor e escritor de livros mais acadêmicos, explica alguns temas em um nível de profundidade completamente desnecessário para a compreensão do tema, mesmo o próprio autor dizendo que não faria isso no prefácio do livro.

Um exemplo é no Capítulo 6, sobre inflação e juros, onde o autor explica que taxa de juro real é formada por uma taxa de risco e uma taxa livre de risco, esta explicação, ao meu ver, só confunde o leitor que está querendo entender o tema. Tirando isso a explicação está muito boa e a fórmula apresentada bem simples de ser usada e com bons exemplos.

Os capítulos 3 e 4 caem na mesma questão, pois o autor cisma de querer fazer um paralelo entre uma família e uma empresa em um nível de profundidade ao meu ver desnecessário.

Uma outra crítica construtiva para o autor foi ele ter explicado de forma muito sucinta a questão de quando alugar um imóvel é melhor que comprar. Eu acho que o autor deveria ter expandido bem esta questão e colocado mais exemplos reais, pois eu particularmente acho este tema de suma importância, pois mexe com uma das maiores crenças do povo, a de que “você tem que ter um imóvel próprio”. Que, do ponto de vista puramente financeiro do Brasil dos últimos 13 anos, não faz sentido. O autor, no entanto, aborda bem as questões que levam as pessoas a preferirem comprar um imóvel mesmo sabendo que viver de aluguel é mais vantajoso para aqueles que querem acumular patrimônio financeiro mais rapidamente.

O que em minha opinião ficou faltando no livro de maneira mais enfática foi a questão de anotar TODOS os gastos, com precisão de centavos, especialmente aqueles gastos miúdos com bala, cafezinho, esmola, CPMF, tarifa bancária, etc. Enfim, que no planejamento financeiro temos de anotar tudo e não somente as despesas “maiores” como aluguel, condomínio, luz, gás, telefone, escola das crianças, etc.

De uma forma geral o autor tentou colocar um pouco de tudo no livro e ao meu ver a obra seria mais bem aproveitada se fosse um guia prático, “mão na massa” e “direto ao ponto”, sem muito bla-bla-bla. Fica aí a sugestão.

Conclusão Final: Não Recomendado

Ficha Técnica

Título: Finanças da Família
Autor: Masakazu Hoji
Número de Páginas: 174
Link para comprar