Investindo em metais preciosos no exterior a partir do Brasil

Pessoal,

Vocês vivem me perguntando isso: como comprar metais preciosos, online, no Brasil e, ao mesmo tempo, conseguir comprar pelo preço internacional em vez de o preço praticado no Brasil, que é mais alto.

Passou completamente despercebido por mim que há uma excelente opção, independentemente de onde você mora no mundo. É o seguinte. Algumas empresas, além de venderem as moedas, também oferecem armazenamento em cofre. Assim, você não precisa estar fisicamente no país onde a empresa opera. Algumas aceitam pagamento por cartão (cobram tarifa), e todas aceitam por transferência bancária, inclusive internacional. Mas se você tiver a oportunidade de abrir uma c/c nos EUA (por exemplo, quando for à Disney — abrir c/c nos EUA é molezinha, basta aparecer com o seu passaporte em qualquer agência bancária), você poderá pagar também através de cheque americano.

É importante notar que é cobrada tarifa para utilização desse serviço de armazenagem, é claro.

O que eu achei bacana é que a própria Casa da Moeda Australiana oferece esse serviço, então é muito seguro, e você ainda por cima compra “direto da fonte”.

Em todos os casos você tem ainda a opção de retirar fisicamente as moedas quando bem entender (às vezes tem que pagar taxa).

Dêem uma olhada:

https://www.perthmint.com/storage/depository-program.html
http://www.goldsilver.com/storage/

Devem existir mais empresas oferecendo este serviço também.

A Casa da Moeda Australiana só aceita contas diretas para investimentos a partir de US$ 50.000 (entre US$ 50.000 e US$ 250.000 é necessário pagar uma taxa de entrada de 2% e uma taxa da saída de 1%). Valores abaixo desse devem ser feitos através de um intermediário, a lista completa de intermediários está aqui:

https://www.perthmint.com/storage/approved-dealers.html

Abraços,
Gabriel.