O Segredo (The Secret)

Eu venho enrolando há dez anos para escrever sobre “O Segredo” aqui, por um motivo muito simples: enquanto existe um grupo de pessoas que praticamente o transforma em religião, há outro que acha que o filme não passa de um bando de baboseiras. E, sinceramente, fiquei com medo de ser linchado pelos céticos, pois eu não só vi como gostei e recomendo, com as ressalvas que eu vou discorrer a seguir.

O documentário é sobre a “Lei da Atração”: pensamentos positivos atraem coisas boas e pensamentos negativos atraem coisas ruins. O tema não é novo e foi explorado exaustivamente pelos autores clássicos de livros motivacionais sobre prosperidade, como Napoleon Hill (Pense e Enriqueça), David Schwartz (A Mágica de Pensar Grande), Catherine Ponder (As Leis Dinâmicas da Prosperidade) e muitos outros. Além da Lei da Atração, o documentário fala sobre a importância sobre visualização de metas (algo que eu acredito) e de falar sobre suas metas no presente (programação neurolinguística).

Se é assunto “antigo” já discutido por tantos autores famosos, por que o documentário é tão polêmico? Porque, por causa da edição, fica parecendo que basta pensar positivamente que você terá tudo o que quiser. Só que não é bem assim. Há vários detalhes nas entrelinhas que deveriam ter ficado mais claros.

Por exemplo, há um testemunho do Jack Canfield, que é autor best-seller da série Chicken Soup for the Soul (lançada no Brasil como Histórias para Aquecer o Coração), onde ele fala que fez um trabalho de visualização e ficou milionário. Só que o documentário não enfatiza que o cara escreveu um livro, teve de correr atrás para alguma editora publicá-lo e o livro teve de vender para caramba. Fica parecendo que foi fácil e que bastou ele “pensar positivo” para ficar milionário. Pombas, o cara escreveu um best-seller!

Portanto, o pecado do documentário é não explicar que o pensamento positivo e a visualização são apenas o primeiro passo para você atingir suas metas. Mas você precisa mexer o traseiro! Lembre-se da máxima: sucesso é 1% de inspiração e 99% de transpiração!

Quanto à técnica de visualização, eu posso deixar aqui meu testemunho: funciona. E é fácil entender a lógica. Já deve ter acontecido contigo: você compra um carro novo e passa a ver carros iguais ao seu em todo lugar! O que acontece: sua mente fica focada naquilo. Com a visualização é a mesma coisa. Você treina sua mente a focar naquilo que você quer e “coincidências” passam a acontecer em sua vida. Comigo acontece direto, eu começo a estudar um novo assunto e na mesma semana eu descubro alguém que também está interessado naquele assunto e troco informações com ela. Com a técnica de visualização de metas, você conseguirá ver melhor as oportunidades que passam na sua frente que o ajudarão a atingir suas metas. Só que você tem que reconhecer as oportunidades e aproveitá-las!

Enfim, assista ao documentário. Tem coisa boa que você poderá aproveitar para sua vida. O que você achar que é baboseira, faça que nem eu: ignore!