Terremoto!
Voltar   Terremoto! > Investimentos > Metais Preciosos
Atualizar essa Página Ouro e Prata Verdadeiros
Resposta
 
Opções do Tópico Modos de Exibição
  (#1) Antiga
Fábio CC Fábio CC está offline
Membro Pleno
 
Avatar de Fábio CC
 
Mensagens: 19
Membro desde Jul/2011
Padrão Ouro e Prata Verdadeiros - 18/07/2011, 13:50 H

Percebi que aqui no fórum não há nada completo sobre como identificar PRATA e OURO VERDADEIROS.

Neste contexto, decidi criar um tópico exclusivo para o assunto, possibilitando a adequada reunião de informações sobre testes de verdadeiro/falso.

Tenho coletado diversas informações, principalmente em site americanos e gostaria de em breve trazer traduções e adaptações para cá.

-------------------------------------------------------------

Minha primeira contribuição para o tópico é referente a PRATA.

Teste do Imã:

O CHUMBO é amplamente utilizado na falsificação da prata, pois é muito mais barato e apresenta características similares com a PRATA, como: Cor semelhante, Densidade aproximada e também é Diamagnético.

Então é necessário compreender alguns conceitos, antes de avançarmos para o teste:

1. Materiais Diamagnéticos: são aqueles que se colocados na presença de um campo magnético tem seus ímãs elementares orientados no sentido contrário ao sentido do campo magnético aplicado. Assim, estabelece-se um campo magnético na substância que possui sentido contrário ao campo aplicado.

Ou seja, PRATA e CHUMBO não são atraídos por "imãs".


2. Existem imãs pouco potentes e outros muito potentes. Um tipo de imã que une a vantagem da potência com baixo custo de aquisição é o: IMÃ DE NEODÍMIO.

Para saber mais:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Neod%C3%ADmio
http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%8Dm..._neod%C3%ADmio


3. O IMÃ DE NEODÍMIO é facilmente encontrado no Mercado Livre, com diversos tamanhos e potência.

Particularmente acabo de encomendar o modelo abaixo:
http://produto.mercadolivre.com.br/M...uporta-5-k-_JM


4. Os imãs em geral possuem uma peculiaridade: Um pequeno imã pode possuir propriedades incríveis - ao se aproximar de um material não magnético condutor de eletricidade, ele exibe uma "freagem" graças a correntes elétricas que são induzidas no condutor.

Entretanto, para perceber tal peculiaridade é necessário um imã potente, e aqui vem a necessidade de utilização de um IMÃ DE NEODÍMIO.


Como diferenciar PRATA e CHUMBO através de um IMÃ?!

A PRATA é um excelente condutor elétrico, mas o CHUMBO é um péssimo condutor elétrico. Ou seja, levando em consideração a peculiaridade dos imãs, teremos uma maior "freagem" ao utilizar uma rampa de PRATA.

Assistam o vídeo abaixo... está em inglês, mas com as explicações acima, creio que ficará mais fácil compreender a demonstração:

http://youtu.be/NgSXg-WOEVY

-----------------------------------------------

Observação: Você não deve confiar em um único teste, pois este (que estou postando acima), por exemplo, pode apresentar um FALSO VERDADEIRO, com barras ocas ou recheadas com chumbo (com prata por fora).

Um conjunto de testes (em breve apresentarei outros) é que irão lhe fornecer maior segurança, em relação ao material que se encontra em mãos!

Última edição por Fábio CC : 18/07/2011 às 22:46 H
Responder com Quote
Nova  Links Patrocinados
  (#2) Antiga
Cássio Alvarenga Cássio Alvarenga está offline
Membro Pleno
 
Avatar de Cássio Alvarenga
 
Mensagens: 96
Membro desde Mar/2010
Padrão 15/03/2012, 21:25 H

Interessante este método, o fenômeno que ocorre entre o condutor-imã chama lei de Lenz.

Já vi aqui em BH venderem um kit em joalherias onde você pinga uma gota de um acido no chumbo, ele fica de uma cor, se for pingado na prata fica de outra.


Ontem arrumei uma barrinha de ouro e para testar se era mesmo ouro, fiz da seguinte maneira:

Peguei um becker com certa medida de água e mergulhei a barra de ouro, a diferença no nivel da água é o volume do ouro, então é só dividir o peso pelo volume e deve-se obter 19,3g/cm³ que é a densidade do ouro, eu obtive 0,1g á menos na conta, mas devido falta de precisão do becker e balança, Pois o único metal que tem uma densidade parecida é o urânio, e este com certeza não é.

Última edição por Cássio Alvarenga : 15/03/2012 às 21:43 H Motivo: Português
Responder com Quote
  (#3) Antiga
Gabriel Torres Gabriel Torres está offline
Administrador
 
Avatar de Gabriel Torres
 
Mensagens: 1.037
Membro desde Out/2009
EUA
Padrão 16/03/2012, 12:05 H

Cássio,

Sim, aqui nos EUA as lojas de penhores ("pawn shops") usam um kit com vários reagentes para teste de metais em produtos e jóias que aparecem para o penhor ou compra. Inclusive no programa Pawn Stars na TV eles mostraram como eles testam ouro, no exemplo foi um Rolex para testar se era verdadeiro (apenas um dos testes, pois no caso de Rolex tem tanta falsificação que eles precisam testar vários itens, não somente o ouro). Eles esfregaram a pulseira do relógio em uma superfície preta, aí a superfície ficou marcada com o ouro da pulseira, aí nessa "sujeira" feita pela pulseira na superfície, eles pingaram o reagente, que comprovou que era ouro.

Abraços,
Gabriel.
Responder com Quote
  (#4) Antiga
Cássio Alvarenga Cássio Alvarenga está offline
Membro Pleno
 
Avatar de Cássio Alvarenga
 
Mensagens: 96
Membro desde Mar/2010
Padrão 16/03/2012, 15:11 H

Esse Pawn Stars passa aqui no History Channel, com o nome de "Trato Feito"... Mas nunca cheguei a ver esse episodio.

Existe um acido, se não me engano, o acido nítrico, que corroê todos os metais exceto o ouro.

Ate onde eu sei, somente água pesada utilizada em usinas nucleares que é capaz de reagir com ouro.
Responder com Quote
  (#5) Antiga
baran baran está offline
Membro Pleno
 
Mensagens: 121
Membro desde Jan/2010
Padrão 16/03/2012, 17:46 H

Citação:
Postado Originalmente por Cássio Alvarenga Ver Mensagens
Ontem arrumei uma barrinha de ouro e para testar se era mesmo ouro, fiz da seguinte maneira:

Peguei um becker com certa medida de água e mergulhei a barra de ouro, a diferença no nivel da água é o volume do ouro, então é só dividir o peso pelo volume e deve-se obter 19,3g/cm³ que é a densidade do ouro, eu obtive 0,1g á menos na conta, mas devido falta de precisão do becker e balança, Pois o único metal que tem uma densidade parecida é o urânio, e este com certeza não é.
Essa foi a maneira pela qual, dizem, Arquimedes descobriu a falsificação da coroa do Rei Hierão:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Impuls%C3%A3o#Lenda
Responder com Quote
  (#6) Antiga
Gabriel Torres Gabriel Torres está offline
Administrador
 
Avatar de Gabriel Torres
 
Mensagens: 1.037
Membro desde Out/2009
EUA
Padrão 17/03/2012, 12:58 H

Eureka! Eureka! Eureka! (Pelo visto ninguém cabulou as aulas de ciências da escola!)
Responder com Quote
  (#7) Antiga
Fábio CC Fábio CC está offline
Membro Pleno
 
Avatar de Fábio CC
 
Mensagens: 19
Membro desde Jul/2011
Padrão 19/07/2012, 22:04 H

Estes testes com ácidos são válidos, mas, no máximo, garantem que a barra possui uma cobertura de prata (ou ouro)! Portanto, tal teste não elimina o risco da barra estar recheada com outro metal.

Até o momento um dos teste mais significativo que encontrei foi o de "Gravidade Específica" (o famoso teste de Arquimedes) citado pelo Cássio Alvarenga. Entretanto, diversos cuidados devem ser tomados e assim que conseguir um tempinho tentarei descrever detalhadamente este processo aqui no "Terremoto".

Devo enfatizar que ninguém deve confiar em testes isolados, pois é prudente que o material passe por diferentes tipos de testes, objetivando uma conclusão mais fidedigna.

Um detalhe interessante na comercialização de "Barras de Prata" de "1 Ozt" (Onça Troy) é que muitos vendedores afirmam que a barra será entregue lacrada (em um pedaço de plástico) como se isto fosse uma grande garantia.

Hoje mesmo conversei com um vendedor (no eBay) que não aceitaria reclamações se o lacre estivesse rompido. Então, fica a pergunta, como testar uma barra envolta em plástico???!!!!!! Reclamar o que se não é possível fazer teste algum???!!!! Isto é uma verdadeira piada!

Fico imaginando um teste de "Gravidade Específica" em uma barra lacrada (hehehehehe)!!! Também fico imaginando que deva ser mais difícil falsificar um lacre de plástico do que falsificar uma barra de prata!
Responder com Quote
  (#8) Antiga
Cássio Alvarenga Cássio Alvarenga está offline
Membro Pleno
 
Avatar de Cássio Alvarenga
 
Mensagens: 96
Membro desde Mar/2010
Padrão 28/07/2012, 12:28 H

Vale lembrar também a precisão e acurácia no teste de densidade, Exemplo:

O tungstênio é um metal usado em ferramentas de usinagem, blindagens etc... É facilmente encontrado e é barato em relação ao ouro. Tem a densidade de 19,25g/cm³, o ouro tem a densidade apenas 0,05g/cm³ superior.

Se tivermos uma barra de tungstênio revestida de ouro, precisaria de uma balança e o medidor de volume da água bem acurados e precisos.

Quanto maior a proporção de ouro na barra, mais difícil ainda de detectar, pois a densidade do conjunto vai se aproximando ao do ouro puro.


Porem o ouro é um metal muito mole e o tungstênio é o metal mais duro que existe (dos metais puros). Então depois de testar a densidade é sentar uma martelada na barra e ver se ela amassa
Responder com Quote
  (#9) Antiga
Fábio CC Fábio CC está offline
Membro Pleno
 
Avatar de Fábio CC
 
Mensagens: 19
Membro desde Jul/2011
Padrão 28/07/2012, 14:05 H

Cássio, por este motivo sempre enfatizo: "Ninguém deve confiar em testes isolados". Somente um conjunto de testes poderá dar maior segurança na avaliação.

Acredito que não "valha a pena" falsificarem Prata com Tungstênio, mas, em meus cálculos algum "sacana" poderia fazer a seguinte liga:
15,14% de Tungstênio
84,36% de Cobre
0,50% de Prata

Esta liga daria a exata "Densidade da Prata" e além disto seria aprovada no "Teste de Freagem do Imã", pois o cobre também é um excelente condutor elétrico. Ou seja, passaria "na boa" em no mínimo 2 testes (acredito que passaria fácil no teste químico, pois a cobertura seria em prata).

Estou trabalhando com a possibilidade de medir a densidade em duas temperaturas bastante distintas, pois, como os metais possuem "Constantes de Dilatação Volumétrica" distintas, então, uma liga falsa poderia ser aprovada em uma temperatura, mas dificilmente seria aprovada em outra.

Tenho uma balança para 500g (com precisão de 0,01g) e comprei outra para 50g (com precisão de 0,001). Assim que receber esta última vou fazer alguns testes (tentarei trabalhar com temperaturas como 0ºC e 100ºC) e postarei minhas conclusões por aqui.

----------------------------
Outra possibilidade de liga com a mesma densidade da Prata (10,492 g/cm³) seria:
64,65% de Chumbo
34,85% de Cobre
0,50% de Prata

Mas, neste caso, passa pelo teste de densidade (em temperatura ambiente), mas não passaria no teste de "Freagem do Imã", pois o chumbo (em maior quantidade nesta liga) não é bom condutor elétrico.

Acredito que com bons conhecimentos e algumas ferramentas seja possível fazer um bom diagnóstico de qualquer amostra que venha parar em nossa mãos.
Responder com Quote
  (#10) Antiga
Fábio CC Fábio CC está offline
Membro Pleno
 
Avatar de Fábio CC
 
Mensagens: 19
Membro desde Jul/2011
Padrão 30/07/2012, 10:30 H

------------------------------
Ferramentas interessantes para o teste de prata:
http://youtu.be/HlzLXKFW-Tg
Responder com Quote
Nova  Links Patrocinados
Resposta

Compartilhe Este Tópico

Bookmarks

Palavras-Chave
falso, identificação, ouro, prata, verdadeiro

Opções do Tópico
Modos de Exibição

Ir para...



Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
vBulletin Skin developed by: vBStyles.com
vBulletin Security provided by vBSecurity (Lite) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.
vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Lite) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd. ()