Terremoto!
Voltar   Terremoto! > Resenhas > Livros de Autores Estrangeiros (Em Português)
Atualizar essa Página Independência Financeira - Robert Kiyosaki e Sharon Lechter
Resposta
 
Opções do Tópico Modos de Exibição
  (#1) Antiga
Gabriel Torres Gabriel Torres está offline
Administrador
 
Avatar de Gabriel Torres
 
Mensagens: 1.052
Membro desde Oct/2009
EUA
Padrão Independência Financeira - Robert Kiyosaki e Sharon Lechter - 15/01/2003, 21:54 H



Título: Independência Financeira
Título Original: Cashflow Quadrant
Autor: Robert Kiyosaki e Sharon Lechter
Número de Páginas: 289 (português), 251 (inglês)
Link para Comprar (em português): http://www.elsevier.com.br/site/prod...0798-9&cat=187
Link para Comprar (em inglês): http://www.amazon.com/dp/0446677477?...SIN=0446677477
Resenha:

Esse livro é a continuação de Pai Rico, Pai Pobre e, desde que conhecemos Robert Kiyosaki, ele tornou-se o nosso ídolo número 1. Neste livro (título original: Cashflow Quadrant) Robert Kiyosaki se aprofunda mais no assunto iniciado em Pai Rico, Pai Pobre: "Meu pai pobre dizia para estudar, tirar boas notas e arrumar um bom emprego. Ele estava errado.".

Dessa vez ele se aprofunda na questão do fluxo de dinheiro: de onde o dinheiro está vindo em nossa vida e para onde está indo. A meta é criar uma fonte de renda que pague todas as nossas despesas mensais para que a gente consiga ser financeiramente independente. Tornar-se abastado, isto é, fazer com que o fluxo de renda pague nossas contas e aumente a nossa riqueza sem a gente precisar fazer absolutamente nada é o passo seguinte à independência financeira.

Mas o sucesso para isso depende de qual quadrante você está: empregado, autônomo ou dono de um pequeno negócio, dono de um negócio ou investidor. O grande desafio é tomar consciência em qual quadrante você está hoje e em qual quadrante você gostaria de estar. O problema é que cada quadrante tem as suas próprias particularidades e isso não significa dizer que um é melhor do que o outro.

O mais importante de tudo, segundo Kiyosaki, não é ter dinheiro, mas sim pensar como um rico. Um pobre e um rico quando estão sem dinheiro pensam de maneiras diferentes. O pobre pensa que é pobre. O rico pensa que que é rico, mas está somente desprovido de numerário. Pegou a sutileza? Um "é" e o outro "está". É por isso que apenas 5% da população é rica. Basicamente por contra da mentalidade. E é sobre isso que esse livro trata: está na hora de reaprendermos todos os nossos conceitos sobre dinheiro.

Se você leu e gostou de Pai Rico, Pai Pobre, então este livro é indispensável. Você tem que ler este livro. Se você ainda não leu, recomendamos que você leia Pai Rico, Pai Pobre primeiro, porque a tradução do Independência Financeira não está tão boa e a tradutora não colocou tantas notas de rodapé, tornando a leitura de difícil compreensão para quem não leu o primeiro livro de Kiyosaki.

Para facilitar, listamos a seguir os principais pontos fracos da tradução: (1) Banker: Na maioria das vezes a tradutora traduziu por "Banqueiro". A tradução correta, dependendo do contexto, é "Gerente de Banco". (2) América: Americanos chamam Estados Unidos de América. A tradutora deveria ter trocado por Estados Unidos, já que "América" em nossa língua engloba todos os países de todas as Américas. (3) IRS: Imposto de Renda americano, equivalente direto do IR. (4) Seguridade Social: INSS americano. (5) Fundos 401(k): Equivalente direto dos fundos de previdência privada PGBL, oferecidos por bancos e empresas de previdência privada aqui no Brasil. Existem também os FAPIs, oferecidos por bancos. A diferença entre o PGBL e o FAPI é que o FAPI você pode sacar a grana antes da sua aposentadoria, pagando Imposto de Renda. Mas a idéia é a mesma: fundos mistos onde há aplicações mensais, e você pode simplesmente transferir o saldo de seu fundo de um banco para outro caso não esteja satisfeito com o atual administrador. (6) Nos Estados Unidos é possível abater do Imposto de Renda os juros da hipoteca (no Pai Rico, Pai Pobre a tradutora havia explicado isso em nota de rodapé, mas faltou essa explicação em Independência Financeira). (7) E, pelo amor de Deus: Monopoly no Brasil chama-se Banco Imobiliário e não Monopólio (todo mundo sabe disso, menos a tradutora).

Conclusão Final: Recomendado

Link para Comprar: http://www.elsevier.com.br/site/prod...0798-9&cat=187
Link para Comprar (em inglês): http://www.amazon.com/dp/0446677477?...SIN=0446677477
Responder com Quote
Nova  Links Patrocinados
  (#2) Antiga
silvanojesus silvanojesus está offline
Membro Pleno
 
Avatar de silvanojesus
 
Mensagens: 169
Membro desde Jan/2010
Brasília / DF
Enviar mensagem via Skype para silvanojesus
Padrão 11/02/2010, 16:51 H

Acabei de comprar esse livro.
Deve chegar semana que vêm... to ansioso pra ler. Comprei mais dois também um inclusive voltado para a bolsa de valores... depois coloco as indicações e minha impressões.


Silvano Jesus
Projetista de Interface

--------------

www.veracruzdesign.com.br
O Monge é o Pai Rico!

--------------
- Investimentos Inteligentes
- Independência Financeira
- Bem Vindo à Bolsa de Valores
- Os Axiomas de Zurique
- Pai Rico Pai Pobre
- Nerd Rico, Nerd Pobre
- O Monge e o Executivo
Responder com Quote
  (#3) Antiga
Valdecir Valdecir está offline
Membro Júnior
 
Mensagens: 1
Membro desde Feb/2010
Padrão 02/03/2010, 13:05 H

Comprei o livro e ele acabou de chegar. Posto minhas opiniões quando terminar de ler.
Responder com Quote
  (#4) Antiga
chipak chipak está offline
Membro Júnior
 
Mensagens: 1
Membro desde Mar/2010
Padrão Posição... - 02/03/2010, 13:12 H

Comprei o livro, que chegou na semana passada. Já estou na metade, mas não dá pra dar uma opinião clara. Quando completar posto aqui. Até agora estou gostando.

Abraço!
Anderson Chipak
Responder com Quote
  (#5) Antiga
silvanojesus silvanojesus está offline
Membro Pleno
 
Avatar de silvanojesus
 
Mensagens: 169
Membro desde Jan/2010
Brasília / DF
Enviar mensagem via Skype para silvanojesus
Padrão 09/02/2011, 09:49 H

Terminei \o/

Finalizei a leitura deste livro dia 06/02 muito bom. Kiyosaki fala bem sobre o tema e acredito que tanto o “Pai rico, Pai Pobre” como este segundo livro se encaixa muito bem no cenário atual. Com uma pequena ressalva para este segundo livro onde o autor cita muitas datas futuras (para o ano que foi escrito) e que hoje em dia já passou como, por exemplo, o ano de 2010.

É um livro que recomendo também e coloco ele como o segundo a ser lido para quem está começando, pois, a partir dele você vai conseguir direcionar melhor os seus estudos para os investimentos que lhe interessem...

Também achei que a tradução deixou a desejar, inclusive com vários erros de português e concordância, mas realmente quando você já conhece o primeiro livro do autor esses detalhes passam despercebidos.


Silvano Jesus
Projetista de Interface

--------------

www.veracruzdesign.com.br
O Monge é o Pai Rico!

--------------
- Investimentos Inteligentes
- Independência Financeira
- Bem Vindo à Bolsa de Valores
- Os Axiomas de Zurique
- Pai Rico Pai Pobre
- Nerd Rico, Nerd Pobre
- O Monge e o Executivo
Responder com Quote
  (#6) Antiga
Evandro Evandro está offline
Membro Pleno
 
Avatar de Evandro
 
Mensagens: 204
Membro desde Jan/2010
Ribeirão Preto - SP
Padrão 27/01/2012, 19:36 H

Gabriel, sobre o último comentário ali, agora tem os jogos em sua versão "original" e tem "Monopoly" pra vender, nem sei mais se a Estrela vende o jogo dela que presumo ser licenciado.
Já vi com outros jogos também, uma pena a "desaportuguesação" das coisas.
Responder com Quote
  (#7) Antiga
Gabriel Torres Gabriel Torres está offline
Administrador
 
Avatar de Gabriel Torres
 
Mensagens: 1.052
Membro desde Oct/2009
EUA
Padrão 30/01/2012, 15:43 H

Oi Evandro,

Da última vez que eu estive no Brasil, vi que a Hasbro entrou no mercado com sua própria marca, mantendo os nomes originais dos jogos, e competindo com as versões licenciadas da Estrela e Grow (ex: lançaram o "Risk", que é o nome original do "War"). É coisa de americano retardado de achar que tem que vender os produtos exatamente iguais em todos os países do mundo. Não faz o menor sentido.

Abraços,
Gabriel.
Responder com Quote
  (#8) Antiga
Evandro Evandro está offline
Membro Pleno
 
Avatar de Evandro
 
Mensagens: 204
Membro desde Jan/2010
Ribeirão Preto - SP
Padrão 30/01/2012, 21:50 H

Eles acham que todo mundo quer ter o "american way of life"..
Responder com Quote
  (#9) Antiga
Masuka Masuka está offline
Membro Pleno
 
Avatar de Masuka
 
Mensagens: 26
Membro desde Dec/2010
Padrão 31/01/2012, 08:19 H

5% da população é rica? Achei que esse número fosse menor.
Responder com Quote
  (#10) Antiga
dookie dookie está offline
Membro Pleno
 
Mensagens: 72
Membro desde Nov/2011
Padrão 01/02/2012, 20:14 H

galera, acabei de ler o livro e achei bom, nao tanto quanto o pai rico e pai pobre, mas bom. Minha duvida eh que, no livro o autor recomenda ser D por causa das vantagens tributarias e tal, mas queria saber se isso tb eh valido no brasil, ate pq quem tem D sabe que nao eh nada facil a vida de empresario!

Segundo ele, qual seria a razao para ser um D, mas com a realidade brasileira?
Responder com Quote
Nova  Links Patrocinados
Resposta

Compartilhe Este Tópico

Bookmarks

Opções do Tópico
Modos de Exibição

Ir para...



Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
vBulletin Skin developed by: vBStyles.com
vBulletin Security provided by vBSecurity (Lite) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.
vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Lite) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd. ()