The Blood Bankers: Tales from the Global Underground Economy – James S. Henry

The Blood Bankers: Tales from the Global Underground Economy - James S. HenryO melhor livro já escrito sobre o Brasil não foi escrito por um brasileiro, mas sim por um norte-americano. Comprei este livro por causa do que estava escrito na sua contra-capa: “O que aconteceu com os mais de US$ 2,7 trilhões em dívidas, ajuda e investimentos que foi disponibilizado aos países em desenvolvimento desde a década de 1970? E porque – apesar de todo esse capital – grande parte do mundo em desenvolvimento continua na pobreza?” O que achei foi um livro que fala basicamente do Brasil e tudo o que acontece por aqui desde a década de 1970. Tudo o que já ouvimos falar mas ninguém nunca tinha posto tudo “preto no branco”. É simplesmente inacreditável como a maioria dos políticos listados como envolvidos em falcatruas continua na ativa e não é a toa que somos considerados lá fora uma República de Bananas.

Para começar, o livro desmantela de vez o mito do “milagre econômico” e explica o fenômeno das “obras faraônicas”. O que aconteceu foi bem simples. Como quem aprovava as obras levava um por fora (o autor usa o eufemismo “comissão”), era de interesse particular em ter zilhões de obras superfaturadas acontecendo ao mesmo tempo. Não porque o Brasil precisasse delas (tanto que a maioria custou muito mais do que originalmente orçado e muitas até hoje sequer foram completadas). Com centenas de obras gigantescas acontecendo, e com o colossal volume de dinheiro de financiamentos externos entrando no país, é claro que o PIB mostrou um crescimento falso. Falso porque tal crescimento foi parar no bolso da meia dúzia de políticos e banqueiros envolvidos no esquema, não havendo nenhuma distribuição de renda para o povo. O livro cita nominalmente todos os envolvidos. E eles continuam politicamente ativos, o que é mais impressionante. E o povo? O povo que se…

O mais incrível? Com toda a corrupção e roubo, apenas uma pessoa foi presa, e mesmo assim pela justiça americana: Tony Gebauer, gerente do Morgan que levava um por fora para liberar grana vinda de fora.

Essa é só a ponta do iceberg. O livro é indispensável para todo mundo que, como eu, se interessa por economia e política. É impressionante como nenhuma editora ainda traduziu este livro. Deveria ser leitura obrigatória em todas as escolas para que todo mundo soubesse da verdadeira história do Brasil, um país que, através dos séculos, é fonte contínua de pilhagem com carimbo oficial do governo.

O livro também fala da Argentina, Filipinas, Iraque e outros países como o Chile e o Paraguai, mas o grosso do livro é mesmo sobre o Brasil.

Indispensável. Leia.

Conclusão Final: Recomendado

Ficha Técnica

Título: The Blood Bankers: Tales from the Global Underground Economy
Autor: James S. Henry
Número de Páginas: 464
Link para comprar